Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

×

 
 

Brasil cria o Sistema Brasileiro de Rádio Digital

O sistema, uma vez implantado, formaliza o processo para a definição do padrão digital das emissoras de rádio AM e FM no Brasil.

Agora é oficial. Em seu último dia como Ministro das Comunicações, Hélio Costa publicou portaria instituindo o Sistema Brasileiro de Rádio Digital (SBRD). O ex-ministro concorrerá a governador do estado de Minas Gerais nas eleições de outubro. O sistema, uma vez implantado, formaliza o processo para a definição do padrão digital das emissoras de rádio AM e FM no Brasil.

Assim, o padrão tecnológico a ser adotado no Brasil terá que “… contemplar com eficiência as transmissões em ondas médias e freqüência modulada”. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União no dia 31 de março.

Pela portaria o sistema a ser escolhido terá que possibilitar a emissão de simulcasting, a cobertura do sinal digital em áreas de igual tamanho ou maior do que as atuais com menor potência de transmissão e a transferência de tecnologia, entre outros.

Há dois padrões digitais testados no Brasil: o norte-americano IBOC, que tem o apoio dos radiodifusores que operam com emissoras em Freqüência Modulada, mas apresentou problemas nas transmissões em AM (Ondas Médias), e o europeu DRM, melhor para as transmissões em AM. O IBOC foi testado há quatro anos por diferentes emissoras, e o DRM só foi testado no ano passado, por pressão das emissoras públicas.

O novo ministro das Comunicações, José Artur Filardi Leite, era chefe de Gabinete de Hélio Costa.

O novo ministro promete ampliar os benefícios das políticas públicas desenvolvidas nos últimos quatro anos e meio no setor de telecomunicações. Ele quer dar prioridade às ações na área social, principalmente, aos programas de inclusão digital.

Close